quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Leilão virtual por Blatter

Já muito se tem falado sobre as polémicas declarações de Joseph Blatter em relação a Cristiano Ronaldo, que tanta gente rotulou de "estúpidas" ou de adjetivos equivalentes.
Outra coisa que é estúpida são as comunidades facebookianas que se criam a partir das coisas mais supérfluas ou neste caso "estúpidas".

Existem, e não são poucas, pessoas crentes que os likes no Facebook vão alimentar as crianças à fome em África e coisas do género.


Isto é um mercado já, temos os mais humildes que apenas anunciam que querem a demissão. Depois, por outro lado, temos os comerciantes mais careiros que já requerem um certo número de "gostos" para a demissão do Zé Blatter ir pra frente.

Podiam fazer umas promoções do género "Por 300.000 likes mandamos demitir o Blatter + oferta de 70% de desconto no pedido de demissão do Platini."
A ver se o negócio anda pra frente nestas PME's...

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Vida de cão...

Hoje, 4 de Outubro, celebra-se o Dia Internacional do Animal. Dos mais racionais aos menos, todos são importantes e todos devem ser respeitados.




Não podendo deixar passar despercebida esta importante data, aqui fica um vídeo alusivo ao dia:




terça-feira, 27 de agosto de 2013

O complexo cérebro de Bruma

Se ainda não sabe o que se passou com Bruma, esta entrevista é sem dúvida esclarecedora. Nesta entrevista à SIC, a história é contada na primeira pessoa pelo principal protagonista. 



O jogador tinha saído do Sporting devido a uma polémica. Para quem não está a par, a situação, pelas palavras de Bruma, resume-se a isto: "Pá eu nunca disse que queria sair do Sporting, é pá, porque lá é a minha casa e eu conheço a casa, e, é pá, infelizmente nós... é pá, e foi assim...".

Pois bem, agora que já toda a gente está a par da situação estando tudo esclarecido vamos analisar mais alguns pontos que são importantes reter desta entrevista:

Ponto 1 - A incompetência da produção da SIC ao não inserir legendas a partir do momento em que o entrevistado em questão se expressa numa língua estrangeira.

Ponto 2 - A hiperactividade de que sofre Bruma.

Ponto 3 - As 5678987689 vezes que Bruma profere a expressão "é pá". (Valor arredondado)

Ponto 4 - Aos 1:55 minutos, quando é posta a questão "Como é que recebeu esta notícia da Comissão Arbitral?", Bruma responde: "É pá eu por acaso não tava, também não tava, tava em casa de um amigo meu. Estávamos a jogar PlayStation, foi isso que aconteceu. Recebi chamada, perder perdi.(...)". Penso que esta seja a parte que nós devemos fixar e reflectir.

Ponto 5 - Aos 5:18 minutos, quando Bruma é confrontado com a questão "Tinha coragem de representar o Benfica, por exemplo?", o jogador responde: "O caralho (ou "coragem" de maneira atabalhoada?). O que eu quero é jogar, de resto não sei o clube que eu estou. (...)".

Ponto 6 - Pergunta aos 8:13 minuutos: "O Cristiano Ronaldo está zangado consigo?", resposta de Bruma: "Zangado comigo, ele não está zangado comigo pá, mas a vida é assim..."

Ponto 7 - Não devem assistir a mais tempo de entrevista, os danos cerebrais podem ser irreversíveis. Fica à responsabilidade de cada um.


sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Pois, Verão frio...

"Verão de 2013 será o mais frio dos últimos 200 anos".

Já se sabe que não se pode confiar muito no que vem de França, como os condutores que de lá vêm causar o pânico nas estradas portuguesas neste mês de Agosto... A citação no início remete para o canal francês "Météo", que referiu em meados de Maio que o Verão só chegaria à Europa em Setembro ou Outubro, e que as previsões apontariam para o Verão mais frio dos últimos 200 anos.

E realmente dá para ver que estes franceses têm olho para isto, porque tirando o pequeno pormenor do calor infernal que se tem sentido todos os dias desde há dois meses para cá, realmente tem estado frio...

Devem de ter ido pedir à Maya para ver o tempo nas cartas e saiu isto. É caso para dizer: Não chove, nem faz orvalho e o frio está no car****.



Bom resto de Verão para todos! Ah, e já sabem, agasalhem-se!

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Mais uma barreira ultrapassada. Obrigado!

É com bastante agrado que contemplo que o contador de visitas deste humilde blog já ultrapassou as 5000 unidades. Só espero que não seja um bug do software que faz esta contagem, aí iria ficar mesmo desiludido...

Apesar de acreditar que grande parte das pessoas só cá "entra" porque tenho uma foto com o Ricardo Araújo Pereira... Peço desculpa se isso induz ao erro e cria a ilusão de isto ser um blog a sério escrito por essa grande personagem do humor, mas de facto é só efectuado por um borra botas de Fafe. Talvez tenha feito sem querer um belo golpe de marketing.

Com tantas visitas (na minha perspectiva), este blog está a tornar-se um sério concorrente ao turismo do Algarve.



Um grande sincero OBRIGADO a quem cede um bocadinho do seu tempo a lêr estas paródias sem graça alguma! 

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Fora com o gordo

Num artigo avançado pelo Jornal de Notícias, é noticiado que a Nova Zelândia quer expulsar um imigrante sul-africano, que já habita no país há 6 anos, por ter excesso de peso.

Com 130 kg, os serviços de Imigração da Nova Zelândia referem que Albert Buitenhuis "não possui um nível aceitável de saúde", porém há 6 anos atrás quando lá chegou com 160 kg, não tiveram nada a apontar. Curioso.

Consideram que o excesso de peso deste senhor é um risco para os serviços sociais. O que é compreensível, pois se Albert tiver que ir à segurança social e , como é normal, tem de ficar à espera, arriscam-se a que uma das cadeiras da sala vá pro galheiro. Já para não falar no perigo que corre o soalho que tanto trabalho deu a pavimentar. 



A rtp é que podia aproveitar esta política e pôr os patins ao Fernando Mendes, para o bem dos custos relativos à manutenção do estúdio, bem como para o da saúde dos telespectadores. 

terça-feira, 16 de julho de 2013

Afinal o super-homem é português


O desporto português já costuma dar cartas em várias vertentes. Ainda hoje, o ciclista Rui Costa venceu a 16ª etapa da 100ª edição do Tour, volta à França em bicicleta. 


Também no presente dia, Carlos Sá sagrou-se vencedor da Ultramaratona Badwater, nos Estados Unidos da América. Prova essa com um percurso de cerca de 217 km.

Afinal viver em clima de austeridade tem as suas vantagens, como o "tuga" está habituado a viver à rasca, até consegue vencer provas nos ambientes mais hostis.  

São estes feitos que levam o nome de Portugal longe! Só estes e aquele peixe podre morto na Costa da Caparica, aquilo já deve cheirar em Marrocos...



Apesar de haver a suspeita que aquilo é uma espécie anfíbia de peixe que se está a adaptar à vida terrestre. Visto que a culpa não é de ninguém... foram os peixes que foram lá parar sozinhos e estão apenas a dormir uma sesta... bem duradoura... 


quarta-feira, 3 de julho de 2013

WRC Fafe: tão perto e tão longe

Depois de um (pseudo)regresso do WRC a terras fafenses, com duas edições em dois anos consecutivos a encantar milhares de adeptos e todos os pilotos que por lá passaram, já todos tinham como garantido um verdadeiro regresso de uma prova do Campeonato Mundial de Rallys a Fafe... Mas ao que parece, tal não vai acontecer.

Isto devido à falta de compromisso da Câmara Municipal do Porto e dos possíveis sucessores de Rui Rio. Ao contrário das restantes Câmaras a Norte do País, a do Porto não mostrou responsabilidade, nem vontade para se avançar com o projecto. O que levou o Automóvel Clube de Portugal a anunciar que a prova de 2014 será no Sul do País, mais uma vez.

(Foto: Rui Dario Correia)

Ainda bem que possuímos uma das etapas mais míticas a nível mundial de provas de Rally e um dos maiores reuniões de público nacional e estrangeiro e vamos simplesmente colocá-las de parte e apostar no Algarve onde sobram actividades promotoras do turismo. 
É sempre bom ver que as coisas boas do nosso País são aproveitadas e potenciadas, sempre foi assim e sempre há-de ser...

Teremos de colocar apenas orgulho nas memórias, em vez de esperança no futuro promissor.


segunda-feira, 1 de julho de 2013

Mais um 'swap' no governo. Um bem haja Gaspar!

Finalmente alguém do governo se preocupou em criar postos de trabalho, o ministro das Finanças Vítor Gaspar já colocou o seu à disposição. 

Após dois anos de trabalho incansável a cavar um buraco, Gaspar deixa a pá e vai tirar umas férias. Pois é para o que este calor abrasador está bom. Pá essa que vai ser manuseada, ao que tudo indica, por Maria Luís Albuquerque. Vamos ver agora quem é o melhor coveiro...


Sempre muito querido pelo povo português, à semelhança de outro ministro demissionário de seu nome Miguel Relvas, Gaspar abandona o barco. Ainda não são conhecidas as razões do pedido de demissão do Sr. Vítor, mas com certeza é por ser tão acarinhado pela população... Depois de inúmeras medidas de austeridade implementadas, depois de ser o responsável por dois orçamentos de estados chumbados, ainda se não bastasse assumiu-se adepto do Benfica. Não faltavam razões para permanecer...


Não me lembro de mais nada engraçado para dizer, por isso peço aqui uma mãozinha ao meu amigo de infância Ricardo Araújo Pereira e fiquemos então com esta divertida mixórdia sobre Gaspar, Troika e Merkel... tudo temas que nós adoramos.

Um bem haja Gaspar! Se não nos virmos mais, boa Páscoa!





terça-feira, 11 de junho de 2013

Lípidos para todos (Bioquímica)

Inserido no projecto do presente ano lectivo na unidade curricular de Bioquímica elaborei juntamente com o meu grupo de trabalho uma revista científica que tinha como objectivo abordar os lípidos utilizando uma linguagem acessível para todo o público. Aqui fica o anúncio que visa promover essa mesma revista:


segunda-feira, 10 de junho de 2013

Publicidade da Coca-Cola





Por vezes a maior parte dos nosso problemas são de cariz psicológico. Vivemos com depressões, falta de confiança, mau humor e não conseguimos concretizar os nossos objectivos devido a esses sentimentos. 
Mas finalmente chegou algo que nos faz acreditar que tudo é possível, que nos dá esperança, que nos faz sonhar mais alto.

E essa fonte de confiança está na nova publicidade da Coca-Cola, que perspectiva um futuro pouco risonho para a saúde da população em geral tendo em conta as estatísticas. Referindo que aumentarão os maus hábitos alimentares e haverá uma grande percentagem dos adultos que serão "muito gordos", mas para contra-golpear acaba por citar que "100% das estatísticas somos nós que as fazemos".

Isto é realmente um "boost" de confiança, pois até agora ninguém acreditava que isto fosse possível... Olha a Coca-Cola a fazer uma publicidade que repudia os maus hábitos alimentares...
O que é que virá a seguir? Um anúncio anti-tabágico da Marlboro? Uma campanha anti-corrupção do Sílvio Berlusconi? 

Uma companhia que produz uma bebida rica em açúcares, cafeína, ácido fosfórico e outros ingredientes prejudiciais  a dizer: "Pá, tenham cuidado com o que ingerem. Façam uma alimentação equilibrada!"; Daqui a pouco vinha o Bob Marley dizer: "Pá, isso de fumar erva não faz nada bem..."


sábado, 8 de junho de 2013

A multa do José Fidalgo

Recentemente, o actor José Fidalgo postou um vídeo devido a ter recebido uma multa por mau estacionamento e frisando que o polícia para lhe passar a respectiva multa estacionou o seu veículo também de maneira incorrecta, colocando-o sobre uma passadeira pra peões.

De imediato o vídeo tornou-se quase “viral” nas redes sociais, onde uma das palavras de ordem do público em relação ao vídeo era “vergonha”, perante a atitude do agente da autoridade.

Contudo, esta situação é uma “faca de dois legumes” como dizia o mestre Jaime Pacheco. Pois, o que parece que acabou por passar incólume foi o mau estacionamento do amigo Zé. Deve-se criticar o agente por estacionar mal ou congratula-lo por intervir rapidamente para corrigir uma conduta incorrecta?

A meu ver, este vídeo fez com que a atenção se desvia-se da atitude incorrecta de José Fidalgo e coagiu a maior parte do público, levando-os a virarem-se contra a Polícia.
Afinal de contas os veículos como carros de polícia e ambulâncias podem contra ordenar em algumas situações pois vão com a missão de ajudar a população. Agora fica na área subjectividade os limites destas possíveis contra ordenações…




segunda-feira, 3 de junho de 2013

OMG! O Cristiano Ronaldo usou óculos!


Elá! Isto agora sim! Finalmente o Diário de Notícias está a apostar nas notícias que realmente preocupam o nosso povo. Eu já estava a pensar que o preço da gasolina ia aumentar mas afinal se o Cristiano Ronaldo apareceu de óculos é porque não há razão para preocupações.
Pode ler-se no primeiro parágrafo do artigo a seguinte frase: “O jogador quer estar sempre na moda e por isso aderiu à tendência de usar óculos”. É curioso, eu nunca fui muito de usar óculos, mas os meus olhos como gostam de seguir as tendências decidiram ganhar miopia e lá tive eu de ir ao oculista.

Gosto bastante de ser informado destas coisas, é agradável ver que pelo menos o jornalismo em Portugal continua a ser de qualidade… ahh que orgulho!

domingo, 2 de junho de 2013

As unhas da Letizia

Mais uma moderadamente engraçada paródia após o lançamento da notícia que anunciava que a princesa Letizia tinha pintado as unhas dos pés de vermelho:



segunda-feira, 6 de maio de 2013

Hey Team!

A partir da conhecida "A-Team" que olhava pelas necessidades da população, chega a "Hey-Team" que se preocupa em avisar a A-Team quando ela não está atenta. Porque no fim de contas somos todos humanos e distraímo-nos por vezes.
Então nós é do género: Hey Team, olhem aqui!
Aqui fica o vídeo:


quarta-feira, 1 de maio de 2013

O grande problema do Sporting (not!)

Finalmente foi descoberto o grande problema do Sporting, ainda há pessoas a dizer que não temos jornalismo de qualidade em Portugal... enfim. Aqui fica mais uma hilariante paródia para vós, com o meu amigo João Sousa:


domingo, 21 de abril de 2013

Entrevista a um vermelho

No passado dia 19 de Abril actuei com a Azeituna - Tuna de Ciências da Universidade do Minho no XXIII FITU, festival de tunas organizado pela Tuna Universitária do Minho (nossos padrinhos). Como não podia deixar de ser fizemos mais uma brincadeira para os achincalhar, aqui fica o vídeo desse momento:


quinta-feira, 18 de abril de 2013

"Usar o cérebro é uma cena que não me assiste"


O cérebro é de facto um órgão fantástico, mas parece que algumas pessoas tardam em dar-lhe uso. Concordo que se deve respeitar a diversidade cultural, cada povo tem os seus hábitos e costumes e isso é que tem graça no fundo, porque se fossemos todos iguais não teria piada nenhuma. Mas, por vezes, deparamo-nos com certas tradições que são um bocado… como é que hei-de dizer duma maneira suave… estúpidas. Que é mesmo assim…

Recentemente li um artigo sobre o “Festival Songkran”, uma festa realizada na Tailândia que tem como objetivo celebrar o novo ano, que lá se celebra em Abril. Ora bem, esta festa consiste em nada mais, nada menos que passar 3 dias numa batalha de água entre toda população.
É fantástico, durante 3 dias a euforia instala-se. Miúdos e graúdos, divertem-se com pistolas de água, mangueiras, baldes, etc. Isto porque os tailandeses acreditam que a água dá sorte e que atirá-la a pessoas mais velhas é um sinal de respeito.

Consultei então o Bangkok Post (jornal tailandês) e este refere que nem tudo são rosas nesta festa, os registos da festa do ano passado comprovam isso mesmo: 320 pessoas mortas no decorrer desta festividade.

Lembram-se daquilo das tradições estúpidas? Já começa a fazer sentido, não é?
“Ora bem encontrei aqui o meu avô na festa, como é uma pessoa de idade tenho de lhe demonstrar o meu respeito. Toma lá um jacto d’ água para veres como eu gosto de ti e te respeito!... Olha caiu… Avô? Ui, faleceu… Enfim, estas pessoas não têm espirito nenhum para estas festas” É capaz de ter sido mais ou menos assim…


A água é um bem essencial á vida? É!
Já temos relativamente pouca quantidade de potável disponível? Sim!
Então o que é que vamos fazer? Passar 3 dias a desperdiçá-la e a matar pessoas! Iupi! 
Porque é ano novo e isto dá sorte e é um sinal de respeito como se pode ver…

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Justin Bieber sobre Anne Frank

O "cantor" canadiano visitou Museu de Anne Frank, uma das mais célebres vítimas do Holocausto, e causou alguma polémica com o comentário que escreveu no livro de visitas...
Aqui fica uma breve apreciação a este acontecimento:



sábado, 13 de abril de 2013

Olha a austeridade fresquinha!


A principal causa de morte em Portugal tem sido o AVC. Todavia, ao que parece, o Acidente Vascular Cerebral, vai deixar o primeiro posto que vai ser ocupado pela morte por estrangulamento. Isto de estar sempre a apertar o cinto tem vindo a demonstrar as suas consequências…

Esta semana a nossa grande amiga Troika aprovou um alargamento do prazo para o nosso país pagar os empréstimos de ajuda externa. Ou seja, para variar um bocadinho, alguém não andou a fazer o seu trabalho como devia de ser, não vou estar a apontar nomes…




E quem dá o peito às balas é povo, pois claro.
Assim sendo, já está quase a sair mais uma dose de austeridade fresquinha para nosso deleite. E nestas já especuladas medidas prevê-se que Passos Coelho e companhia vão mostrar a sua sensatez e optar por cortes numa área supérflua que é, nem mais nem menos, a saúde!
Finalmente uma decisão inteligente, alguém precisa de cuidados médicos de qualidade para alguma coisa? Claro que não, que estupidez. Vamos cortar nisso.

Deixando a ironia e o sarcasmo um bocadinho de parte agora, um dos mais recentes casos onde se podem perceber as consequências destas decisões ocorreu esta semana no Hospital de Santarém, onde vários doentes oncológicos não poderem completar as sessões de quimioterapia por falta de um medicamento. Apesar das manifestações de desagrado por parte de doentes, médicos e enfermeiros, ao que parece, ainda nada foi feito na medida de resolver esta questão.

Faz lembrar os tempos da antiga peste negra, a diferença é que dantes não havia conhecimentos para tratar a doença, agora há conhecimentos e possibilidades só que alguns indivíduos pretendem utilizá-lo para sacudir a água do seu capote e ficar com boa reputação do que para tratar as pessoas. Dantes quando era identificado alguém com peste era catapultado para fora do castelo para não contaminar os outros, agora quem está doente como não está a trabalhar, está a dar despesa, é deixado a “apodrecer”.
É a triste realidade que andamos a viver…

domingo, 7 de abril de 2013

Oh relvas, oh relvas. Desemprego à vista


"Foi uma longa aprendizagem e uma dura lição de vida", foi uma das primeiras declarações proferidas por Miguel Relvas após a demissão relativas ao tempo que passou no governo. Não aprendeu na escola, veio ter algumas lições com o povo português enquanto esteve no governo… Até no governo ele conseguiu fazer render o tempo, concluiu um governo de 4 anos em apenas 21 meses. Como é que alguém ainda consegue dizer que este não é um homem capaz!

Miguel disse, e bem, que deixou a sua marca no país. Fez um mapa autárquico, trabalhou na estrutura da reforma da administração local, foi fonte de piadas durante uns bons tempos, descobriu a licenciatura à velocidade da luz, entre outras coisas.

Há agradecimentos a dar a este senhor: o primeiro-ministro Passos Coelho agradece «a lealdade e a dedicação ao serviço público com que o ministro Miguel Relvas desempenhou as suas funções», por outro lado, o povo português agradece a sua demissão.
Uma das declarações que ficou de Miguel Relvas foi “o desemprego tira-me o sono” e agora o próprio encontra-se como desempregado. Mas com certeza que não demorará a arranjar outro, tendo em conta o seu vasto currículo…


domingo, 31 de março de 2013

O Presidente Aníbal


Cavaco Silva: economista, político, professor, antigo primeiro-ministro, actual presidente da república de Portugal e enterrador de países em part-time (actualmente a trabalhar no nosso). O senhor Aníbal viu-se obrigado a arranjar este último extra pois segundo ele a sua reforma não vai chegar para pagar as suas despesas.
Cavaco tem vindo a ser uma das personagens mais características da política portuguesa, muito devido às suas citações, no mínimo, peculiares. Para além da já referida citação relativa à módica quantia que vai auferir na sua reforma, o senhor presidente tem vindo a ter intervenções interessantes, vamos lá ver um exemplo:

“Eu nunca me engano e raramente tenho dúvidas” afirmou Cavaco certa vez numa entrevista. Vamos lá ver se isto é como ele diz...



(Link do youtube de onde foi retirado: http://www.youtube.com/watch?v=zHs3_9TZu5w)

Ora bem, aqui das duas, uma. Ou Cavaco não pesca muito de geografia, ou tem um grande poder oculto no mundo que inclusive já lhe permitiu criar um novo país e ainda ninguém sabia da sua existência, ou então… como é que se chama aquilo que aconteceu… hum… ah, enganou-se.

Vamos ver só mais um exemplo para não restarem dúvidas:

Realmente, isto do emprego a aumentar é uma palhaçada... enfim, modernices.
Já quanto à parte do “ter dúvidas”, o senhor presidente presenteia-nos com isto:

(link do youtube de onde foi retirado: http://www.youtube.com/watch?v=b6JqJuSSQOo)

Enfim, também não podíamos esperar muito de uma pessoa que cujo um nome designa um pedaço de madeira e outro que designa um arbusto espinhoso…
Mas pronto, esperemos que isto sejam situações esporádicas, era bastante mau se o senhor presidente estivesse a ficar assim tão mal da cabeça e não soubesse coisas básicas…

Ups…

sexta-feira, 29 de março de 2013

Versos à chuva

Sexta-feira, 29 de Março de 2013: final de uma semana de chuva incessante em Portugal


Bate forte, fortemente
Como quem chama por mim
Mas já enerva, realmente
Nunca vi nada assim.

Em Abril, águas mil
Já dizia o velho ditado
Se em Março já está tão hostil
No mês que vem estará tudo soterrado.

Palavras, leva-as o vento
Mas com as nuvens parece que ele não pode
Cá permanecem para nosso tormento
Quem não se abriga, bem se f… molha.

Cai chuva, é tempestade
Dizem que uma nunca vem sozinha
E para vermos que isto é verdade
O Sócrates voltou, como uma erva daninha.

Por cá, eu aguardo
Que passe a trovoada
E desta forma o poema acabo
Porque também não me lembro de mais nada…





domingo, 24 de março de 2013

Zé, o Castelo Branco

Cinco anos depois de ter começado, está concluído o processo em que José Castelo Branco era acusado de maus-tratos, falta de pagamentos e assédio sexual por um grupo de ex-empregados. Devia de estar optar por pagamentos “alternativos” aos seus funcionários…
Castelo Branco foi absolvido (contra todas as expectativas), no entanto, este(a) pretende continuar a limpar o seu nome. “Vou processar o Estado português”, afirma. “Durante o julgamento, a procuradora disse que eu e a Betty éramos negociadores de jóias”, refere. O tipo de jóias que ele deveria transportar seriam vibradores revestidos a ouro e para passar despercebido, à semelhança de muitos traficantes, escondia os objectos num determinado sítio, não seria um trabalho que lhe provocasse grande sacrifício e incómodo.
“A minha honra, que foi posta nas ruas da amargura, tem de ser limpa e voltar a ser transparente, como sempre foi”, defende. Quer dizer, um indivíduo que se veste da maneira que veste, comporta-se da maneira que se comporta, inclusive já foi filmado a ter relações com homens e estava tudo bem, agora por o acusarem de negociar jóias ele sente a sua honra posta nas ruas da amargura? Ele é que se anda a auto-humilhar há anos. Se ele não tem noção disso, a decisão mais sensata era processar também o seu subconsciente.
Contudo, esta não é a única revelação que José Castelo Branco faz, referindo já não ter interesse em candidatar-se à Câmara Municipal de Sintra. “O que quero mesmo é chegar ao Parlamento. Quero ter voz activa”, diz, acrescentando que até pondera criar um partido político. “Porque não? Já pensei nisso”, confessa. Já imaginaram se esta personagem chegava a presidente? Enfim, só se fosse da república das bananas. Quando questionado sobre uma possível aliança partidária? “Só com a esquerda. Estou farto da direita”; ainda noutro dia lhe pediram mais um serviço de mão e ele respondeu da mesma maneira, ao fim de algum tempo começa a cansar, é perfeitamente compreensível.
Este desejo de José Castelo Branco é motivado pela grave crise que Portugal atravessa. “Assusta-me não haver ninguém que defenda o interesse dos portugueses”, lamenta. É de estranhar, pensei que ele apoiasse a célebre expressão “o país está de tanga”. Por ventura ele acrescentava-lhe uma écharpe da chanel se chegasse ao poder…

P.S. Desta vez optei por não colocar nenhuma imagem relacionada juntamente com o texto, como habitual. Pois podem haver menores a ler estas coisas e não quero ser responsabilizado por traumas. Obrigado pela compreensão.




quinta-feira, 21 de março de 2013

Comentadores da TV


Continuando no âmbito da televisão portuguesa (tema sobre o qual me pronunciei recentemente), estamos a assistir a uma nova moda que é a das estações contratarem ex-políticos para comentadores. Já aconteceu há algum tempo com a TVI adquirindo os serviços do recomendador de livros Marcelo Rebelo de Sousa, recentemente a SIC anunciou a chegada do grande Luís Marques Mendes e esta semana a RTP contra-atacou comunicando uma contratação porreira pá, com a chegada ao canal 1 do ex-primeiro-ministro José Sócrates.
Ora bem, com a chegada da Primavera floresce agora também mais uma bela polémica em torno desta notícia. Inclusive, já se iniciou um duelo de petições: quase imediatamente à população ter tomado conhecimento desta contratação por parte da RTP surgiu uma petição contra, a qual em poucos dias atingiu as 20.000 assinaturas (uma petição online) e, por outro lado, um grupo de cidadãos decidiu criar uma a favor da presença do ex-primeiro-ministro José Sócrates como comentador político na RTP.
Confesso que estou curioso para ver que tipo de comentários é que ele vai tecer sobre a política actual, que no fundo é as sobras do lixo que o seu governo despejou no nosso país. É como ir à casa de banho, deixar a torneira aberta e passar lá pouco depois e dizer “Quem foi o palerma que deixou isto aberto!? Temos de poupar água.”.
Enfim, como alguém disse um dia “prognósticos, só no final do jogo”, por isso vamos esperar para ver.
Está previsto que o engenheiro (não sei se deva meter aspas nisto ou não) comece a desempenhar as suas novas funções durante a primeira quinzena do próximo mês e como diz o conhecido ditado: Em Abril, pro Sócrates não vai ser “facíl”.




sexta-feira, 15 de março de 2013

Big Brother - O Regresso


Se era daquelas pessoas que gostava de passar o serão a ouvir pessoas inteligentes a dizer coisas ainda mais inteligentes em directo, num programa sobre uma casa que passava num determinado canal da televisão portuguesa e agora está desapontado(a) porque já só se pode contentar com telenovelas, ainda que estas sejam também de um nível cultural elevadíssimo, aqui está uma boa notícia para si:
A saga de programas didáticos e instrutivos para toda a família da TVI vai voltar à carga! Falamos do regresso de um dos mais eruditos programas alguma vez transmitidos na televisão nacional. Trata-se, nada mais, nada menos, do Big Brother! (*entusiamo geral*)
De acordo com o Diário de Notícias, o mais famoso reality show mundial estreia no canal 4 em meados de Abril. Mais de dez anos depois da última edição, a estação decidiu voltar a apostar no programa. A estratégia é boa, porque como já lá vai algum tempo, as pessoas ouvem e pensam: olha, vai dar uma coisa nova, vamos ver como é.
Visto que entre “Casa dos Segredos” e “Big Brother”… em linguagem corrente, perdoem a expressão, trata-se da mesma porcaria com nomes diferentes. E isto para uma sociedade como a portuguesa é uma espécie de droga virtual: consome, vicia e tem efeitos secundários devastadores.

Pode ser que isto mexa, num bom sentido, na economia por cá. Pois as casas de apostas já estão a trabalhar: a poderosa Teresa Guilherme é o nome mais badalado para voltar a apresentar o programa do “grande irmão”, mas a célebre Cristina Ferreira, dos programas das manhãs, também não é carta fora do baralho. Vamos aguardar para ver qual destas sapientíssimas personalidades sairá vencedora deste duelo de titãs.


Os castings vão começar brevemente e as promoções vão arrancar de seguida. Deste modo, terminadas as emissões de A Tua Cara Não Me É Estranha, começa a quinta edição de Big Brother
BRACE YOURSELVES!



quarta-feira, 13 de março de 2013

“Habemus Papam!”


Já foi eleito o novo chefe da igreja católica, o 266º Papa. Trata-se do argentino Jorge Mario Bergoglio que escolheu o nome Francisco I para a sua função papal. O sul-americano está já desde início a demonstrar bastante sucesso junto da população.
O carinhosamente apelidado de “Papa Chico” tem já o apoio da Greenpeace e da Pastelaria Italiana: pois por um lado acabou-se já a fumarada na Capela Sistina e porque este novo Papa é um jesuíta. Jorge Mario Bergoglio, também já confessou ser amante do futebol, visto isto, do lado da Madeira, Kátia Aveiro, irmã de Ronaldo e gestora das lojas CR7, já veio comunicar a descida no merchandising relativo aos famosos terços de Cristiano. Se até agora o duelo com Messi já não era muito favorável ao português, agora com um papa argentino o futebolista português já nem à ajuda divina pode recorrer.

Duas grandes concentrações de pessoas se tinham verificado nos últimos dias, uma de público maioritariamente jovem nas redondezas do pavilhão atlântico esperando pelo concerto do Justin Bieber e outra de inúmeros fieis junto da basílica de S. Pedro, no Vaticano, esperando que saísse fumo de uma chaminé. Respeitando as duas partes, pergunto-me qual terá sido a espera mais inteligente… Uma coisa é certa, pelo menos em Itália não se viu ninguém a gritar e a mostrar seis tatuagens da sagrada família ou coisa do género. Do lado dos católicos muitos esperavam ansiosamente que o novo Papa, à semelhança de outros artistas, chamasse algum fã à varanda para rezar com ele uma oração ou assim… infelizmente, tal não aconteceu.
O que se pode concluir é que já há papa, por isso convém irmos para a mesa antes que ela arrefeça.

Aqui já fica um vídeo de um momento caricato protagonizado pelo novo Papa:


É preciso ter cuidado com o sangue de Cristo sua santidade (um exemplo de que nem sempre é bom começar com o pé direito, como se pode ver)

sexta-feira, 8 de março de 2013

Violência gratuita


Nem sempre a vida é um mar de rosas… De facto, hídrica e botanicamente falando, pode mesmo por vezes ser uma cascata de cactos. Como tal, recentemente tive a minha dose ao atravessar uma experiência hospitalar. Apesar das situações menos positivas que sucedem no quotidiano devemos tentar sempre tirar algum proveito, alguma parte benéfica, alguma aprendizagem delas.
Algo que despertou a minha atenção aquando da estadia na unidade de saúde foi deparar-me que também lá estava, vítima de maus tratos, nem mais nem menos que, a língua portuguesa.

Foram diversas as ocasiões em que me cruzei com estas circunstâncias. Ou eram pessoas que iam ser submetidas a “cirugias”, ou eram “úrsulas” que apareciam nos estômagos, depois vinham os que se queixavam das “hemorródias” e dores no “pranquias”… Ah, e depois existem sempre aqueles casos extremos mas tradicionais dos “cancaros”. 
Enfim, toda uma panóplia de factores que exerciam o tão actualmente falado “bullying” sobre a língua de Camões.

O problema é que isto não acontece só com os termos hospitalares onde pode haver a tendência para se desculpar porque “ah e tal são palavras complicadas”…
Uma das questões que se coloca é: terá sido boa ideia, isto do novo acordo ortográfico?
“Há pexoas q axam k xim, outrax k n…”
É que não há ninguém que multe estas pessoas… agora há autoridades para tudo, mas ninguém anda em cima disto.
A parte boa é que depois de me deparar com estas situações deslocava-me até à sala de convívio onde podia ver as outras assistir ao “Você na TV” e assim refrescar a minha mente com um programa culturalmente enriquecedor…

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Harlem Shake: A salvação de muitos chegou


Ultimamente parece que a coisa mais estapafúrdia e sem sentido tende a ter o maior sucesso, vejam como o Castelo Branco lá anda no corredor da fama... 
Não, mas passando agora a coisas a sério. O último grande fenómeno no mundo da música havia sido o tema “Gangnam Style” do sul-coreano Psy, com uma letra que ninguém sabia o que significava, uma melodia semelhante a muitas outras no mundo da música electrónica, uma dança engraçadinha vá e puf! Vá-se lá saber como e porquê tornou-se já o vídeo mais visto de sempre na grande comunidade “Youtube”.
Ora bem, chegou a concorrência: Harlem Shake! Uma música, é assim que deve ser tratada penso eu, do DJ norte-americano Baauer que está a transformar o mundo da dança mais uma vez.
Se por vezes nos sentíamos embaraçados por estarmos numa discoteca e não termos jeito para a dança… já não há mais motivo de preocupação! Este novo fenómeno consiste em tornar os movimentos mais estranhos numa coreografia para acompanhar a música.
Basicamente, agora o “playback” está para o cantar e o “harlem shake” está para o dançar.

Recordando a letra da música do nosso querido Carlos Paião:
“Podes não saber cantar,
Nem sequer assobiar…
Com certeza que não vais desafinar,
Em play-back, em play back, em play-back!”


Os problemas para quem não tem muitos atributos para a dança acabaram:
“Podes não saber dançar,
Nem sequer rodopiar…
Com certeza que mal não vais ficar,
Harlem Shake! Harlem Shake! Harlem-Shake!”


Pode ser mais ou menos uma coisa deste género…

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Peter Turkson: O Hitler da igreja

Hoje em dia existe sempre aquelas máximas para tentar combater o racismo do tipo “a cor não importa”, “somos todos da mesma cor por dentro”, etc; Mas todos sabemos que mesmo assim as pessoas fazem comentários quando se deparam com um acontecimento onde a personagem principal é de uma etnia diferente. Por exemplo, quando Barack Obama foi eleito presidente dos EUA a reacção da imprensa não foi “está encontrado o novo presidente dos EUA que se chama Obama”, foi sim “o novo presidente dos EUA é negro”; Ou mesmo no dia-a-dia nos deparamos com situações de irmos numa rua e “oh, mais uma lojas de chineses… raio dos chineses estão em todo lado” ou ao assistir ao futebol “Porra! Raio do preto sempre a dar cacete”; 


Enfim, a sociedade já está desde há muito talhada para reagir assim a estas ocorrências e nos últimos dias o tema mais abordado nas conversas e notícias é a renúncia de Bento XVI ao cargo de Papa e, entretanto, já começaram a ser lançados alguns nomes de possíveis sucessores ao lugar.


Peter Turkson é o nome mais badalado pelas casas de apostas. O cardeal ganês que, a confirmarem-se estas expectativas, tornar-se-á o primeiro Papa de etnia africana, notícia também já salientada pela imprensa. 
Ora bem, tanta atenção se dá à cor da pele que não se dá relevo a um factor mais importante sobre este cardeal: a sua mentalidade.
Em entrevista para o site “The Telegraph“, ele diz que é preciso «encontrar maneiras de lidar com os desafios da sociedade e da cultura’, acrescentando que a Igreja precisava “evangelizar”, ou converter, os que tinham abraçado “estilos de vida alternativos, tendências ou questões de gênero”». 

E qual a solução mais pedagógica e sensata que este senhor propõem para pessoas que pessoas com “estilos de vida alternativos”? A pena de morte, pois claro.

De acordo com informações do site “Queerty”, Turkson seria homofóbico e defenderia a pena de morte para homossexuais.

Podemos imaginar uma situação no futuro com este individuo a papa e dar um passeio pela multidão no Vaticano:
- Olha ali um maricas! Seguranças!? Alguém que lhe espete já um tiro. Ui e aquele drogado com rastas ali? Seguranças!
Por amor de deus, olhe-me aquele homem com calças à boca-de-sino, até me faz doer os olhos. Pena de morte!

Pronto, acho que já deu para perceber a ideia…

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Justin Bieber: o galão (porque galã é pouco)


Justin Bieber, ou em linguagem tuga conhecido como Justino Biberão, conhecido maric… perdão, cantor canadiano tem visto a sua vida intima (como a de qualquer vedeta do jet set) discutida nas revistas cor-de-rosa. Uma situação que suscitou a minha atenção foi quando me deparei com a notícia que o cantor namorava com a também cantora e actriz Selena Gomez, até aqui tudo normal, e que supostamente a tinha traído com uma também cantora de seu nome Rihanna. E aqui parei para pensar…
Até me dei ao trabalho de me informar um pouco sobre o assunto para procurar algumas possíveis respostas até que surge a seguinte citação num site de uma revista cor-de-rosa: «Rihanna quer "virar" bissexual». Então respirei um pouco de alívio… já estava com receio que o mundo anda-se mesmo virado do avesso (tema sobre o qual já me debrucei) e que tivesse atingido pontos extremos como seria este caso.
Bem, foi uma pequena atenção esporádica que dei a este tipo de assunto, apenas porque me suscitou alguma preocupação e fui buscar algum conforto a outra notícia para combater a primeira. 

Mas no final de contas a conclusão em forma de pergunta é: que credibilidade é estas revistas têm? 
Mais vale não ligar a isto e irmos assistir a um programa mais credível e que nos fornece cultura tipo Casa Dos Segredos ou assim…

"Mais depressa se apanha um mentiroso que um coxo”


Oscar Pistorius ou Blade Runner, o conhecido atleta que não possui as duas pernas mas mesmo assim conseguiu participar nos jogos olímpicos, viu esta semana o seu nome ser envolvido numa grande polémica. 
O atleta sul-africano admirado por quase todo o mundo pela sua coragem e força de vontade, foi ouvido em tribunal por supostamente ter morto a namorada, Reeva Steenkamp de 30 anos. Pelos vistos o relacionamento já não tinha pernas para andar. Segundo rumores foi com o objectivo de não a fazer sofrer, porque já estava com ideias de lhe dar com os pés.
Ora bem, o ditado “mais depressa se apanha um mentiroso que um coxo” dá que pensar nesta situação… 

Pistorius rejeita a acusação de ter assassinado a namorada, visto isto, se for considerado culpado será mentiroso e coxo. Ter-se-á apanhado primeiro a parte mentirosa ou a parte coxa?

De qualquer das maneiras uma coisa é certa, não irá ter o problema de apanhar pé de atleta na prisão, caso se confirme. Até para um possível evasão, já não se picará (pelo menos as pernas) no arame farpado…  

Pronto, já chega. Vamos aguardar pela sentença para tirar mais conclusões. Este assunto ainda vai dar que falar... É que isto são pessoas que não têm sensibilidade nos calcanhares.


sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

"Eu num sei a volta que deu aqui"


Costumam dizer que o mundo dá muitas voltas e hoje em dia às vezes dou por mim a pensar e reparo em situações que me fazem constatar que o mundo está ao contrário do que era antigamente… abrangendo situações a longo e a curto prazo de mudança. Vejamos alguns exemplos:
  •          Em tempos as mulheres nem direito ao voto tinham, hoje em dia uma mulher é que politicamente manda em todos nós (um cumprimento especial desde já para a Sra. Merkel);
  •          Antigamente contam as lendas que havia um senhor que roubava aos ricos para dar aos pobres. Hoje em dia há alguns que roubam aos pobres para dar aos ricos;
  •          Dantes os pacotes de batatas fritas continham algum ar dentro. Já hoje os pacotes de ar vêm com “meia dúzia” de batatas no interior;
  •          Ao início as nádegas estavam no interior das cuecas. Após algumas metamorfoses passaram a ser as cuecas a estar no interior das nádegas;

Isto faz-me pensar numa hipótese, será que aquilo dos “Maias” sobre o fim do mundo no passado dia 21 de Dezembro não terá sido verdade sem nós nos apercebermos? Poderá ter sido apenas o fim do mundo como nós o conhecemos e termos passado a viver num universo paralelo onde acontecem situações opostas ao mundo antigo como nomeadamente cuecas estarem no interior das nádegas. 
É porque se não foi isto que sucedeu, eu já estou como a outra: “eu num sei a volta que deu aqui”.